Estresse: Como Lidar e Tratar os Pontos

estresse Todas as pessoas tem a sua própria maneira de lidar com o estresse. Tem pessoas que preferem uma praia ensolarada, algumas uma taça de um bom vinho, outros tentam ignorá-lo, existe os que tentam todas as alternativas colocadas.

Diria que cada uma dessas formas tem suas vantagens e desvantagem, agora nem sempre é possível fazer, por alguma razão aleatória podemos ficar impossibilitados de fazer algumas das coisas que nos trará o alivio que necessitamos.

Nesses momentos é que os pontos de pressão passam a ser uma solução rápida e eficaz eficaz e de longa duração, sendo necessário apenas uns 20 segundos de pressão.

O estudo dos pontos da Reflexologia consiste em áreas do corpo que, ao serem pressionadas, desencadeiam diversos efeitos em nosso organismo. Aqui estão alguns!

Estresse: Pontos de Tratamento

O couro Cabeludo

Estresse

Para quem não sabe o couro cabeludo tem diversos pontos de pressão, muitos dos quais podem, de varias maneira bem efetiva e suave, diminuir os níveis de estresse.

Bem simples de fazer, veja: Sente-se em qualquer lugar, pode ser na sua escrivaninha no escritório, ou outro lugar qualquer, incline-se, para com dois dedos massageie o ponto onde o pescoço e o crânio se encontram por 20 segundos, se você pensar bem, vera que as pessoas fazem por instinto, repare se você já não fez isso em algum momento de estresse.

A maioria da tensão que acumulamos durante o dia fica armazenado nos ombros e músculos do pescoço.

Pressionando esse ponto ira proporcionar um bom alívio.

 

Ouvido

Estresse ouvido

Um ponto especial de pressão que é conhecido como Shen Men ou Portal dos Espirito, na opinião de alguns especialistas qualificam esse ponto como o melhor ponto do corpo para aliviar o estresse, na é praticado a acupuntura auricular, não é sem motivo.

Recomenda-se que você massageie este local com um cotonete ou mesmo com a ponta de uma caneta, enquanto respira profunda e suavemente.

 

Peito

Estresse peito

Quando passamos por um momento de pressão acabamos esquecendo de respirar corretamente.

O ponto localizado no meio do peito ajuda a reduzir o estresse que se acumula, necessário lembrar que precisamos respirar normalmente.

Utilize três dedos para massagear o local ou apenas um  dedo para dar batidinhas leves e ritmadas na área, sempre respirando fundo.

Se você tem estresse continuo, faça combinação, massagens neste ponto com o local entre as sobrancelhas. A conexão entre estes dois pontos ajuda a acalmar o sistema nervoso.

Estômago

Estresse estomago

A maioria dos reflexólogos preferem trabalhar este ponto por estar ligado ao peito e diafragma, movimentando este ponto melhora a respiração.

Pessoas que seguem esse tratamento automaticamente respiram fundo e consequentemente sentem-se aliviados.

 

Antebraço

Estresse ante braço

Um local muito usado pela acupuntura e a Reflexologia. Estresse e ansiedade criam uma corrente de energia contrária no corpo e que este ponto normaliza a energia.

A energia passa a fluir na direção correta, colaborando na sua concentração e na diminuição do estresse.

 

Palma da Mão

Estresse palma da mão

Ao pressionar este ponto, seu estresse quase que praticamente vai embora. Esse ponto das mãos é um dos meridianos mais importantes, afetando o coração, fígado e pâncreas.

A maior parte do estresse fica armazenado no fígado. Portanto, aplicar pressão nesse ponto é muito eficaz. A mão é um importante local de pressão para acabar com a dor de cabeça, dor de estômago, indigestão e insônia – todos eles podem ser sintomas de estresse.

Conheça o Livro Acupuntura nas mãos sem Agulha.

 

Estresse pé

Aplicar pressão no pé ajuda a aliviar a mente estressada que fica pensando e remoendo na causa do estresse. Acredita-se que o pé é o melhor meridiano para tratar do pâncreas e aplicar pressão no centro do pé – ajuda a reduzir o estresse dos pacientes, que passam a prestar maior atenção aos sinais enviados pelo seu corpo.

Um comentário em “Estresse: Como Lidar e Tratar os Pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *